Dietas Para Emagrecer

Dieta Ortomolecular – Saudável e Preventiva do Envelhecimento

20O corpo, diariamente, sofre com situações que o afetam negativamente. E uma das principais atitudes está na má alimentação, quando não comemos os nutrientes e vitaminas saudáveis e necessário. Contudo, a dieta ortomolecular tem como objetivo reequilibrar o que comemos e trazer diversos benefícios para a saúde.

Com o objetivo que criar uma alimentação com todos os elementos necessários para uma vida mais saudável, essa reeducação alimentar vem se destacando cada vez mais como uma das mais queridinhas entre as pessoas.

Diante disso, hoje, nesse artigo, vamos apresentar as principais informações sobre a dieta ortomolecular. O que é, como funciona, os alimentos essenciais dentro da reeducação e principais benefícios.

O Que é a Dieta Ortomolecular?

Dieta Ortomolecular

 

 

Desenvolvida pelo químico Linus Pauling, o objetivo central dessa dieta é deixar o organismo mais saudável, equilibrando ou repondo alguns nutrientes, principalmente vitaminas, que podem estar faltando ou em excesso no corpo.

Seguindo essa dieta, além do emagrecimento, diversos tipos de doenças terão uma prevenção e o envelhecimento precoce e estresses diários serão controlados. Como a ortomolecular tem como meta apresentar um cardápio para uma alimentação bem balanceada, o sistema imunológico de quem a segue tende a melhorar e se desenvolver bastante.

O mais interessante da dieta ortomolecular é que esse equilíbrio de nutrientes é feita, totalmente, de forma natural e saudável. Com isso, não será necessário tomar medicamentos ou suplementos em excesso, somente alterar sua alimentação e fazer alguns exames importantes.

Como Funciona a Dieta Ortomolecular?

Um grande diferencial da dieta ortomolecular é que cada pessoa seguirá a sua própria. Isso se deve, pois, é defendido dentro dessa reeducação alimentar que, independente se possui excesso ou falta de nutrientes no seu organismo, o desequilíbrio irá trazer problemas futuros, principalmente com ganho de peso. Assim, é essencial começar uma alimentação saudável.

Por isso, todas as pessoas que forem começar a ortomolecular devem, obrigatoriamente, fazer alguns exames. Com isso, poderá se guiar em relação ao que falta ou tem a mais no seu corpo, adaptando o cardápio do que comer diariamente durante a dieta.

Exames necessários

Como falado, é importantes passar por uma série de exames para conseguir se guiar corretamente pela dieta, sabendo o que comer e quais nutrientes focar na sua alimentação.

Os mais importantes para chegar aos resultados buscados são:

A Dieta Ortomolecular Ajuda a Emagrecer?

 

Dieta Ortomolecular

Sim, a dieta ortomolecular tem com um dos seus principais objetivos o emagrecimento de quem a segue de forma corretamente. Isso ocorre, principalmente, pela prioridade de alimentos saudáveis nas refeições durante o dia, evitando açúcar, gorduras e industrializados que só fazem mal para a saúde.

Vale lembrar que, essa reeducação irá equilibrar a falta ou excesso de nutrientes no seu organismo, servindo como uma suplementação. Assim, a perda de peso vai ocorrer de forma saudável e gradativa, não com resultados rápidos e urgentes. Segundo estudos, com a ortomolecular, é possível perder 1 kg por dia.

Principais Benefícios e Vantagens

 

Dieta Ortomolecular

Como toda a reeducação alimentar, a dieta ortomolecular traz diversos benefícios incríveis para o organismo, fazendo a pessoa seguir uma vida bem mais saudável e com uma alimentação balanceada.

Diante disso, os melhores benefícios e vantagens que irão fazer você querer segui-la são:

  • Perda de peso gradativa
  • Alivio dos sintomas da TPM e menopausa
  • Melhora o sistema imunológico
  • Mais disposição para as atividades diárias
  • Melhores noites de sono
  • Prevenção contra diabetes e hipertensão
  • Desintoxicação do organismo
  • É obrigatório buscar ajuda de um nutricionista, não colocando em risco sua saúde

Alimentos Indispensáveis da Dieta

 

Como citado, a dieta ortomolecular é alterada para cada pessoa. Com isso, não é possível generalizar um cardápio ou alimentos essenciais e obrigatórios, precisando buscar um auxílio médico para conseguir se guiar.

Contudo, alimentos naturais, principalmente frutas e vegetais, orgânicos, grãos, leguminosas e carnes magras são importantes recomendações. Ricos em nutrientes essenciais para nosso organismo, irão trazer benefícios para uma alimentação saudável.

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

quatro × cinco =

Categorias do Site