Remédios Para Emagrecer

Sibutramina Emagrece e Inibe o Apetite

Sibutramina Emagrece
Sibutramina Emagrece

Sibutramina emagrece? Enquanto alguns países como os Estados Unidos, resolveram proibir seu uso, o Brasil no entanto, decidiu manter. Assim, embora criada inicialmente como antidepressivo, a sibutramina está sendo usada no tratamento da obesidade. Agindo no sistema nervoso central, especialmente sobre dois neurotransmissores, a serotonina e a noradrenalina.

Portanto, a sibutramina emagrece, por isso seu uso é indicado para pessoas com excesso de peso. No entanto, é fundamental o acompanhamento de um profissional, pois a substância é vendida mediante prescrição médica.

A sibutramina emagrece por causar no paciente a sensação de saciedade, e deve ser utilizada por pacientes com grau de obesidade grau 1 (Índice de Massa Corpórea, IMC, está entre 30 e 34,9), grau 2 (quando o IMC, está entre 35 e 39,9) e grau 3 (quando o IMC está acima de 40).

Vantagens da sibutramina sobre outros medicamentos

Diferente de outros medicamentos utilizados para emagrecer, a função principal da sibutramina não é reduzir a fome, mas sim aumentar a sensação de saciedade, criando condições para uma mudança permanente dos hábitos alimentares. Além disso, em pessoas compulsivas, contribui para diminuir os episódios de compulsão, principalmente por doces, chocolates e carboidratos.

Outra vantagem é que a sibutramina não causa dependência e não possui potencial de abuso, portanto, pode ser considerada uma alternativa segura para o tratamento de excesso de peso, o que pode ser constatado em diversos estudos científicos.

Porque sibutramina emagrece

Ela surgiu como um antidepressivo, no entanto, perceberam que a diminuição do apetite era um de seus efeitos colaterais, o que bastou para logo passar a ser usada em tratamentos contra a obesidade.

Portanto, a sibutramina emagrece porque inibe a recaptação da serotonina, estimulando a produção deste neuro transmissor. Dessa forma, quem procura outros remédios para emagrecer deve saber que o mecanismo da sibutramina atua de forma mais segura em relação aos outros, já que não há risco de produção excessiva da serotonina.

Então, na verdade, a sibutramina emagrece por que aumenta a sensação de saciedade, assim, sendo de enorme ajuda quando se pretende uma reeducação alimentar, pois diminui a ansiedade e a compulsão por comer doces e pães, entre outros alimentos, que se ingeridos com moderação não irão engordar.

Recentes estudos científicos já comprovaram que a sibutramina emagrece, e por isso, passou a ser o único remédio utilizado para emagrecer aprovado para ser usado por períodos prolongados pelo FDA, o órgão que controla esses medicamentos.

Eficácia da Sibutramina

Sibutramina Emagrece
Sibutramina Emagrece

Desde que supervisionada por um médico e combinada à dieta e exercícios físicos, a sibutramina emagrece, embora exista o risco de aparecerem sintomas colaterais, por isso é fundamental o acompanhamento de um profissional.

Vale ressaltar,  que na verdade, a sibutramina emagrece porque estimula a saciedade, o que quer dizer na prática, o paciente fica satisfeito com menos comida.

Resultados

Que a sibutramina emagrece, isso é fato, como já explicado acima. Porém, os resultados com o uso do medicamento podem variar de pessoa para pessoa, ou seja, de acordo com as recomendações de uso indicadas pelo médico para cada paciente.

É preciso muita atenção, pois nem todo mundo responde ao remédio de forma igual. Por isso, se não ocorrer perda de peso, ou se a presença de efeitos colaterais persistirem, é fundamental entrar em contato com o médico para se avaliar a necessidade de ajuste da dosagem ou até mesmo a suspensão da sibutramina.

Efeitos colaterais

Podemos dizer que a sibutramina é uma espécie de “parente distante” dos remédios antidepressivos, que agem em diversos locais do sistema nervoso central, portanto, é possível que ocorram efeitos colaterais, embora o funcionamento dessa substância ainda esteja em estudo.

O aumento da pressão arterial, elevação da frequência cardíaca, dores de cabeça, boca seca, insônia e prisão de ventre estão entre os possíveis efeitos colaterais. Risco que aumenta em pacientes com doenças cardiovasculares, como enfarte e derrame.

Com a proibição de três medicamentos – anfepramona, femproporex e mazindol – pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a sibutramina é hoje a única droga usada para emagrecer que atua sobre o sistema nervoso. Além dela, só há mais um remédio disponível para esse fim, o orlistate – cujo nome de mercado é Xenical – que age sobre a absorção de gordura no intestino.

Contra-indicação

O uso da a sibutramina é contraindicada para pessoas que sofram de alguma cardiopatia (doença no coração) ou descontrole na pressão arterial, nesses casos, o recomendável é fazer uma dieta balanceada e atividade física, apenas.

Último caso

Enfim, a sibutramina emagrece sim, mas deve ser um recurso usado em último caso, só mesmo quando a dieta, exercícios e a mudança do estilo de vida não estejam sendo suficientes para promover o emagrecimento e a perda de peso de uma forma mais natural. A melhor solução é a mais saudável. No entanto, em qualquer caso, o uso desse medicamento só é possível após a prescrição de um profissional, e a sibutramina deve estar sempre associada a um programa de reeducação alimentar e à atividade física.

 

About the author

Alexandre

1 Comment

Click here to post a comment

  • […] A furosemida emagrece no sentido da perda peso líquido, pois é um diurético que faz com que os rins eliminem o excesso sal e água do corpo através da micção. Isto impede ou reduz o acúmulo de líquido nos tornozelos, pernas e até nos pulmões. Embora os diuréticos sejam medicamentos potentes, alguns pacientes podem precisar tomar outro diurético além de furosemida. Alguma perda de peso pode ocorrer quando o fluido é eliminado, mas a perda de peso rápida e excessiva é sinal de uma doença grave. Veja artigo relacionado. […]