Uncategorized

Quinoa, Um Cereal Saudável e Super Proteico. Experimente…

Sabia que…A Quinoa é utilizada para a fabricação de produtos isentos de glúten? Isso é possível, uma vez que este alimento não contém as frações proteicas glutenina e gliadina, responsáveis pela sensibilidade ao glúten.

É um alimento 100% vegetal, proveniente da América do Sul e conhecido como o “cereal dos Deuses “.

Quinoa

 

Apresenta baixo teor de gordura saturadaalto teor em fibra e vitaminas do complexo B. Pela sua qualidade proteica é um importante alimento no seio de uma alimentação vegetariana sem recurso a produtos de origem animal.

A quinoa é uma fonte de proteína de alto valor biológico, pois apresenta elevadas percentagens de aminoácidos (constituintes básicos das proteínas) essenciais.

Devido a estes valores elevados, a quinoa é considerada como uma proteína quase completa. Normalmente, para se obter proteínas completas numa refeição apenas com alimentos de origem vegetal, é necessário complementar cereais com leguminosas.

Pela sua qualidade proteica, a quinoa pode ser consumida isoladamente sem necessitar de ser complementada com leguminosas.

No entanto, em idade pediátrica recomenda-se a ingestão destes dois grupos alimentares na mesma refeição, combinando quinoa com lentilhas ou grão, por exemplo, garantindo a ingestão de proteína adequada ao crescimento característico desta idade.

Quinoa

Benefícios contidos nas propriedades da Quinoa

  • Contém ferro e zinco que contribuem para o funcionamento normal do sistema imunitário;
  • magnésio e potássio contribuem para o funcionamento normal dos músculos
  • tiamina/vit.B1 contribui para o funcionamento do sistema nervoso;
  • As proteínas contribuem para o crescimento da massa muscular e para a manutenção da massa muscular e de ossos normais.

Sugestão de utilização:

  • Lave e escorra o produto. Cozinhe com o dobro da água em fogo brando durante 20 minutos. Tempere a gosto.
  • Pode utilizar o produto em refogados vegetais, simplesmente cozido e temperado, cozido com arroz, em saladas ou em sopas.

Dica nutricional:
Normalmente, a digestibilidade proteica dos alimentos que compõem uma dieta vegetariana é menor do que a dos alimentos de uma dieta não vegetariana.

Para aumentar a digestibilidade proteica destes alimentos, recomenda-se cozinhá-los em panela de pressão.