Emagrecer e Perder Barriga
Exercícios Físicos Intensos

Exercícios Físicos Intensos – Hábito Para Ter Uma Vida Longa!

Um Estudo publicado na revista Jama Internal Medicine, da Associação Médica Americana revelou que praticar exercícios físicos intensos, como corrida ou Aulas de Grupo por exemplo, pode reduzir entre 9% e 13% o risco de mortalidade.

Seja homem ou mulher, tenha 20 ou 60 anos, o estudo concluiu que todos beneficiam de atividades físicas intensas.

O que significa isto? Se quer viver mais e com mais saúde as caminhadas não chegam. Uma atividade física intensa tem que nos fazer suar, tirar o fôlego, coisa que uma caminhada não faz.

Os resultados indicam que, a taxa de mortalidade daqueles que incluem exercícios físicos intensos na sua rotina é 9% a 13% menor do que a de quem faz exercícios leves ou moderados.

“Homens e mulheres de todas as idades beneficiam das atividades intensas. As nossas conclusões indicam que sendo ou não obeso, tendo ou não diabetes ou doenças cardíacas, se alguém pode praticar alguma atividade mais intensa, esta irá oferecer benefícios significativos para a longevidade.” afirma Klaus Gebel, pesquisador da Universidade James Cook, na Austrália e líder deste estudo.

Exercícios Físicos Intensos – Como chegaram a esta conclusão?

 

Exercícios Físicos Intensos

Foram analisados dados de 204 542 adultos, com idades entre os 45 e 75 anos de fevereiro de 2006 a junho de 2014. Foram comparados então quem incluía na sua rotina alguma atividade física intensa com quem pratica atividade física de forma moderada.

Viu-se então que, quem praticava atividades intensas em mais de 30% da sua rotina tinha uma taxa de mortalidade 13% inferior, e quem fazia atividade intensa mas abaixo de 30% da sua rotina, o índice de mortalidade foi de 9% inferior a quem não pratica exercício físico intenso.

“Mesmo pequenos episódios de atividades físicas intensas podem ajudar a reduzir o risco de morte precoce.

Para aqueles com restrições e mesmo para quem nunca praticou esse tipo de exercícios é importante conversar com seu médico.

Mas estudos anteriores mostram que alguns momentos de exercícios intensos podem ser incluídos mesmo na rotina de idosos ou daqueles que estão acima do peso.” explicou Gebel.

Para Saber Um Pouco Mais Sobre O Q48, CLIQUE AQUI!

Com este Estudo, os pesquisadores afirmam que, com esta descoberta muita coisa pode mudar daqui para a frente, acreditando que cada vez mais os médicos passem a encorajar mais aos seus pacientes a pratica de exercício físico intenso

.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) sugere que os adultos pratiquem em média por semana 150 minutos de exercício físico moderado ou 75 minutos de forma intensa.

No entanto, os pesquisadores dizem, que estas diretrizes de tempo por atividade de forma moderada e intensa não são equivalentes para a saúde do organismo, isto é, fazer 150 minutos de forma moderada não é suficiente para ter os mesmos resultados que 75 minutos de forma intensa.

Este Estudo vai de encontro a outros estudos internacionais publicados nos últimos anos que demonstram que exercícios que fazem o corpo suar bastante podem contribuir para a diminuição de doenças e o aumento da longevidade.

 

Recomendados para você: ↓↓


Adicionar Comentário